15 de fevereiro de 2019

Uma novela escrita nas paredes abandonadas de uma casa


Sempre achei fascinante essa casa abandonada em Chongqing, na China. Tenho essas imagens salvas há bastante tempo, e decidi compartilhar com vocês agora.
Em 2009, um autor anônimo escreveu uma novela nas paredes dessa casa abandonada, concluí-se que ele ou ela escreveu a história quando as paredes já estavam em estado decrépito, pois as palavras se adaptam às rachaduras e buracos.


6 de fevereiro de 2019

Leia Mulheres em 2019!


Eu amo iniciativas que apoiam mulheres! Foi há 2 anos que encontrei o #LeiaMulheres e tenho lido mais autoras do que antes, sempre preferindo-as na hora de comprar novos livros.
Esse ano não será diferente, quero seguir a lista de 2019 do desafio, e se possível, dobrar a meta!


Em janeiro,  janeiro o tema é livro clássico. Fiquei procurando na minha estante qual livro clássico escrito por uma mulher tenho em casa, pois o objetivo é conseguir ler todos os livros físicos que tenho o mais rápido possível.
Encontrei então o livro da Emily Brontë, O Morro dos Ventos Uivantes, que tanto queria ler, mas que ficava enrolando por achar não ser o tempo certo.

"Na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes nasce uma paixão devastadora entre Heathcliff e Catherine, amigos de infância e cruelmente separados pelo destino. Mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta: um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança."

Uma das minhas metas literárias é ler todas as irmãs Brontë, já li a Charlotte (Jane Eyre), acabei de ler a Emily (O Morro dos Ventos Uivantes), agora falta a Anne!
Terminei a leitura em quatro dias, pois a história me prendeu demais e não conseguia parar de ler. E sofri muito junto com os personagens. Dizem que o livro da Emily é mais triste que o da Charlotte, eu já achei o contrário, chorei muito com Jane Eyre, ao passo que com o Morro me senti muito triste pelos personagens por levar vidas tão melancólicas.
Fico triste pela Emily não ter visto que seu livro hoje é um clássico, ela morreu jovem achando que tinha sido um fracasso.

"Por isso, ele nunca saberá como eu o amo; e não é por ele ser bonito,
mas por ser mais parecido comigo do que eu própria. Seja qual for a matéria
de que nossas almas são feitas, a minha e a dele são iguais."

Ainda estou escolhendo minha HQ de fevereiro, já li todas as que tenho em casa, então preciso adquirir uma rapidamente!

3 de fevereiro de 2019

Memory Jar: Janeiro ❤.

Facebook | Instagram | Tumblr | Twitter | 

Eu resolvi fazer um apanhado de coisas legais que aconteceram e vão acontecer em 2019, e dividi por mês. É uma forma diferente de fazer o Memory Jar (um projeto que consiste em anotar todas as coisas boas que aconteceram no ano, colocar num pote, e abri-lo em dezembro), é uma maneira de me lembrar que cada mês valeu a pena, e mostrar ao meu eu do futuro que muitas coisas boas aconteceram.

Fiz esse tipo de post em 2017 todo, mas ano passado acabei não fazendo e senti muita falta!

△ o que desenhei △

Em janeiro, eu definitivamente não produzi o tanto que queria, e senti muita falta de desenhar.

- Guia do iniciante para se sentir satisfeito consigo mesmo: desenhei 8 de 30 tarefas, era para ter um por dia, mas acabei faltando com o projeto. Fevereiro então será continuado o Guia! Às vezes eu me sinto tão esgotada, que não consigo melhorar nem se eu fizer as coisas que gosto, não consigo pegar em um livro, não escrevo, não desenho, não vejo filmes. Às vezes essa sensação de cansaço se estende por dias, e isso não é nem um pouco saudável. Acredito que isso também aconteça contigo, talvez você esteja nesse exato momento, procurando uma coisa nova para fazer, já que assistir séries não está te colocando para cima como antes fazia.
Eu listei 30 coisas que nós precisamos pôr em prática todos os dias, a fim de reconstruir o ânimo e a vontade de não ficar parado.
Eu escrevi esse Guia em 2015, quando estava passando por uns momentos bem ruins, e precisava de um passo-a-passo para me sentir bem comigo mesma. É uma lista de 30 tarefas para quem não sabe por onde começar a ficar bem.

- Como fazer alguém parar de te amar: há atitudes sutis que fazem um relacionamento terminar, ou nem começar, e que doem bastante. São maneiras que aos poucos a pessoa vai deixando de gostar de você, e vai embora depois de estar bem machucada.
Fiz uma pequena lista de atitudes que machucam de pouquinho em pouquinho, e que já vivenciei na pele, sendo a pessoa ferida. Depois de alguns relacionamentos ruins, aprendi certas atitudes que se repetem quando nada vai bem.
Escrevi esse texto em 2017 em meu blog, e foi lido por 8600 pessoas.

- Meet the Artist: fiz um “conheça a artista”, desenhei várias coisinhas que eu gosto, algumas informações sobre mim, e uma tentativa de desenhar a mim mesma com a roupa que passei o ano novo huahuahu. Virou uma tradição fazer um Meet the Artist a cada ano. 

© Bruna Morgan | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.