A ida ao dentista.

* Texto que eu mandei para uma antologia. De 130 textos, o meu foi selecionado entre os 33 para a segunda fase. Infelizmente não ficou en...

*Texto que eu mandei para uma antologia.
De 130 textos, o meu foi selecionado entre os 33 para a segunda fase. Infelizmente não ficou entre os 17 escolhidos.


Eu me arrependi de ter bebido uma dose de saliva de unicórnio, porque agora o meu dente doía muito mais, e possivelmente o meu hálito mataria o dentista.
Eu estava parado na porta da clínica quando do outro lado da parede surgiu um barulho de serra elétrica, e um pouco mais baixo se ouvia um grunhido de dor. Isso só podia significar que havia um paciente lá dentro.
A sala de espera só tinha a cor branca e esse aspecto dava certa tensão. Bancos, mesas, portas, os pisos, as paredes, as roupas dos funcionários, o telefone, as molduras dos quadros, o bebedouro. Tudo era branco e perfeitamente limpo. Eu me sentia mal, meus dedos estavam gelados, mas eu não podia ficar com medo, um ciclope não se assusta com nada e eu já tinha arrancado vários dentes com a mão.
Se alguém do vilarejo me visse agindo como um medroso... Bem, o caso é que eu deveria manter a calma.
Sentei no sofá e tamborilei os dedos no joelho olhando em volta, acabei percebendo que havia um duende ao meu lado.
O nanico aparentava beirar na casa dos quarenta anos, suas narinas deixavam escapar cabelos grossos e grisalhos, e sua expressão era de impaciência. Ele não aguentou ficar sentado muito tempo e saiu andando rápido da clínica.
Também tinha um quadro feio, uma espécie de jardim pintado com cores vibrantes e elfos dançantes em volta de uma árvore grande. Quadro ridículo.
À minha frente uma fada com o rosto verruguento parecia dormir sentada no banco, a não ser pela sua perna direita que não parava de se balançar. Também era bem feia.
Depois de duas horas o paciente saiu da sala com a boca inchada e gemendo de dor. Era um pequeno minotauro de chifres novos.
Um par de minutos depois a recepcionista chamou pelo duende, porém ele já havia ido embora. Demorou mais um pouco até que ela olhasse de novo quem estava na lista.
O próximo era eu.
Respirei fundo e me levantei tentando não esbarrar em nada, e entrei na sala do dentista.
O doutor estava de costas. Era um elfo de estatura baixa. Seu cabelo loiro esbranquiçado era preso por um pedaço de raiz e seu jaleco quase encostava-se ao chão.
A criatura virou-se devagar pra mim.
- Linus! – eu falei surpreso - que diabos você está fazendo aqui?!
Ele era o elfo lerdo que eu dava uma surra nos intervalos do colégio quando era pequeno!
- Ora, ora, Gradus – ele olhou a ficha – parece que veio arrancar alguns dentes – um sorriso largo e assustador apareceu em seu rosto.

You Might Also Like

8 comentários

  1. Meuu... e agora? 0.0
    Será que ele arrancou só os dentes mesmo?OUEHUEIH

    Meio psicodélico mas muito inteligente, pensei que essas "visões" surreais eram causadas após de uma anestesia.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  2. Ultra psicodélico, muito inteligente, me deixou morta de curiosidade. Enfim: amei!

    http://estilooque.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o texto, gostei da expectativa que cria a medida que fui lendo, e principalmente o final haha.

    Mesmo o seu texto não ter sido escolhido entre os 17, parabéns! Só de ter passado para a segunda fase já mostra como você escreve muito bem :)

    ResponderExcluir
  4. Nossa você escreve muito bem ,parabéns ,não sei como não ganhou em primeiro lugar !
    http://sweetdreamssah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Nossa que incrivel! Você escreve super bem! Aposte nesse talento!

    Gostei do blog, estou seguindo! Dá uma passadinha depois no meu, se for possível?


    Beijos
    Tudo4Girls
    http://tudo4girls.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. OMGGGGG! INCRIVEL! Voce tem muuuito talento! Vc escreve muuito bem!
    Parabensss! hahaha...
    Seguinnndo aqui s2
    Sempre que puder venho comentar aqui <3
    Ótima terça p/vc :)
    Ahhh bby, segue dvlt?

    Bjs,
    http://bnascimentooo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei, algo bastante diferente do que tenho visto ultimamente.
    Retribuindo sua visita ao meu pseudo blog novo que tinha abandonando, mas decidi voltar a tras kkkkk :B

    ResponderExcluir
  8. Bruna gostei muito do seu blog, mas nao estou conseguindo seguir, ta dando erro DD:
    se possivel, da uma olhadinha no meu? *-*
    http://finaldoarcoiris.blogspot.com/

    ResponderExcluir

;D