Ana Cronismo

Eu me lembro de Ana quando acordo pela manhã, e frequentemente vejo seu rosto encarando-me através de alguma janela, quando pego um táxi...


Eu me lembro de Ana quando acordo pela manhã, e frequentemente vejo seu rosto encarando-me através de alguma janela, quando pego um táxi para ir ao trabalho. Lembro-me de como a sua risada era bonita, e isso é provavelmente a única coisa da qual eu consigo sonhar, mesmo depois de tantos anos.
Ainda sinto o cheiro de sua pele bronzeada e de seus cabelos curtos que batiam na altura de seu ombro. Recordo-me também do fato de que seu nariz era um pouco maior do que os lábios. E sinto falta de seus pés – Ana amava enterrá-los na areia da praia. Ela também amava música. Ah! Como ela dançava!
Dançava na chuva, no sol, dançava na grama, no meio da rua, em meus pensamentos...
Ainda vejo o nome dela no visor de meu celular quando alguém me liga, e ouço o barulho da televisão ligada quando chego em casa, como se ela estivesse assistindo ao seu programa favorito. Sinto o joelho dela encostar-se ao meu, antes de cair no sono. Em certas ocasiões eu penso que finalmente a esqueci, no entanto sou traído por mim mesmo ao colocar o seu danone preferido no carrinho do supermercado.
Quando acordo pela manhã, lembro-me de Ana e verifico se ela não está no banheiro penteando os cabelos ou escovando os dentes, mas ela nunca está lá. Os mortos não voltam.

You Might Also Like

6 comentários

  1. AAh, que triste...=/
    Mas muuito bem escrito, como todos os seus textos amore, parabéns!

    Beeijo
    www.blogmymemories.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que texto :X Parabéns!

    Passando também pra te avisar que post novinho no meu blog! Comentá lá!

    Bjonas e fique com Deus ♥

    Camilla Martins - http://sugar-dance.org

    ResponderExcluir
  3. Ah que texto lindo! Você escreve tão bem!

    (Quando estava lendo seu texto lembrei um pouco de 500 dias com ela)

    http://estilooque.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Que texto triste ): porém lindo! Parabéns ;)

    ResponderExcluir
  5. esse texto é lindo *-* e foi muito bem escrito parabéns! Estava sentindo sua falta lá no Bd,rs que bom que voltou!

    beijos e volte sempre
    www.braziliandiamond.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que frieza
    Simplesmente ela morreu.

    Tenho medo de casar, por esse e outros motivos,
    deve ser uma dor infindável.

    ResponderExcluir

;D