Eu poderia ter amado você.

Eu poderia ter amado você. Não deixaria seu coração sofrer. Lembro de quando vimos o mar juntas e eu desejei que aquela tarde durasse...


Eu poderia ter amado você.
Não deixaria
seu coração sofrer.
Lembro de quando vimos o mar juntas
e eu desejei que aquela tarde durasse
por tanto tempo,
talvez para sempre.

Você poderia ter amado a mim,
mas deixaria
meu coração sofrer.
Você não esqueceria os dias
que passou com outra.

Eu teria sofrido por você,
mas as ondas levaram as
minhas palavras,
e você nunca soube
que eu poderia ter amado
seu coração machucado.



p.s.: eu, autora dos textos e dos poemas desse blog, identifico-me como bissexual desde a pré-adolescência. Todos esses escritos homoafetivos são destinados à moças que já amei, ou moças fictícias (nunca tive e nem terei a coragem de falar: "ei, aquele poema foi escrito pra você quando eu te amava hahaha").
Atualmente, eu amo um rapaz há 3 anos. Eu sou monogâmica, porém não deixei de ser bissexual. Obrigada.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Que poema bonito *-*, alias, tudo por aqui é muito poético e inspirador! Seu feed do Instagram também é uma gracinha!

    Beijos

    Poesia em Transe

    ResponderExcluir
  2. Poemas <3 <3 <3
    Menina, que incrível! Adorei
    Admiro muito pessoas que conseguem transformar momentos e sentimentos em palavras.
    Queria muito saber fazer isso, mas infelizmente não tenho esse dom (fazer o que, né? O máximo que consigo fazer é engordar os outros com comidinhas :P)
    Parabéns :3
    Bjoo :**
    Nerd de Pijama

    ResponderExcluir
  3. Seu poema tão lindo e delicado, me fez lembrar de algumas cenas de animes.

    ResponderExcluir

;D