26 de dezembro de 2017

O que andei desenhando


Esse é um apanhado de tirinhas que fiz de agosto à novembro!

Odeio não ter assunto com a pessoa que eu mais quero conversar: eu olho pro teclado, olho pra tela e não sei sobre o que conversar! Bate uma tristeza, e eu falo sobre qualquer coisa sem sentido, depois fico me achando meio idiota.
Tentando conhecer as tuas belezas, antes de me perder nesses ideais patéticos sobre o amor: tirinha em parceria com a maravilhosa Marionete ​❤. Ela foi uma das primeiras pessoas que eu conheci que fazia tirinhas e quadrinhos. A arte dela foi minha inspiração por muito tempo, talvez ela nem saiba disso hahua.
Ter você perto de mim só por um minuto, já seria o suficiente: eu fiz para o Brunno, eu queria que a gente morasse perto e não tivesse essa distância idiota no meio.
Eu sinto saudade da sua voz, eu sinto falta de sentir o meu coração derreter ao ouvir a sua risada: eu gosto de risadas, e me apaixono por vozes. A voz de quem tem o meu coração é a mais linda do mundo.
Eu fico tão feliz em saber que vivo em um mundo onde você existe: às vezes eu fico numa vibe mais amorzinha, eu gosto de quando estou assim.



Quase sempre eu prefiro ficar em casa com as minhas plantinhas, e com meus pensamentos, a ter que sair e conviver com as pessoas: mesmo me esforçando para ser sociável, muitas vezes prefiro ficar em casa e não ver ninguém, conversar com ninguém, saber de ninguém.
Eu me olho no espelho e não sei quem sou. Será que sou o reflexo do que os outros querem ver? ou uma ilusão criada por mim para que minha vida pareça feliz?: eu estava pensando muito sobre as pessoas que mascaram suas vidas na internet, no intuito de parecerem felizes. Eu já presenciei isso, um casal de amigos estava num role bem chato, eu fui embora porque estava com tédio, e depois vi que eles postaram uma foto super sorridentes, dizendo que o role tava maneiro. Isso era uma mentira horrorosa huahua eles não ficaram nem dez minutos lá. E com esses pensamentos, fiquei preocupada em parecer esse tipo de pessoa. Quem lê meu blog e vê meus desenhos já percebe que eu só reclamo da vida, mas quem não olha essas coisas, pensa que minha vida é maravilhosa e cheia de close (?) , vai entender.
Não é amor se te liga somente quando não há mais ninguém disponível: eu já fui segunda opção algumas vezes, e eu gostava das pessoas, era horrível saber que só me chamavam quando as opções anteriores não estavam disponíveis.
Eu te amo, mas você vive me magoando. É hora de dizer adeus: eu.não.fico.mais.com.quem.só.me.magoa.
Eu tenho 3 modos: Delicada e sensível como uma flor; Linda, plena, não preciso de ninguém; Faminta, posso comer até pedra!: esses são basicamente meus três modos huahua ou estou delicadíssima, ou to nem aí pra nada, ou estou faminta huaha.


- Eu não queria dizer que estava sentindo a sua falta, mas acho que você percebeu pelo modo com que te beijei: sobre eu não saber esconder minhas emoções direito.
- Eu não aguento mais essas vozes que vem de dentro da minha cabeça, queria que elas se calassem por um minuto!: eu escuto algumas vozes que vem de dentro da minha mente, mas que não são eu. Elas me depreciam bastante e às vezes é difícil calá-las.
- “Não estranhe se não me encontrar por aí. Tenho essa estranha mania de desaparecer”: Outra tirinha em parceria com a maravilhosa Marionete ​❤.
Talvez um dia a gente se resolva, talvez tu seja mais uma cicatriz, mas sempre que falam de ti, lembro da sua mão na minha, meu deus, o que que eu fiz? Ainda penso muito em ti, a vida não tem sido justa você sabe, ainda to aqui, sua falta ainda me assusta…
Eu desenhei a música do Konai, Te vi na rua ontem, ele é um artista brasileiro muito talentoso.
- Oh, garota boba, o amor se encontra apenas nos livros e na poesia. Não na vida real: redesenhei um quote do filme indiano Veer Zaara, a primeira versão foi desenhada há um ano.
- Os amigos servem para isso: nos carregar quando precisarmos. E se por acaso cairmos, eles estarão lá para ajudar: outra tirinha redesenhada, dessa vez por causa da Franci! Eu falei mais aqui.
- Se eu fingir não me importar, uma hora meu coração vai acreditar: eu acredito naquela teoria de que se você acreditar muito em algo, é possível que ela aconteça.
- A minha mente me sabota, ela me faz imaginar que você não me ama mais: eu sou paranoica, a minha cabeça me diz muitas coisas ruins.
- Me afastei pra não ficar pensando em você. Achei que já estava bem. Foi só te ver de novo que meu coração deu um treco: sobre ser traída por meus próprios sentimentos.



- Tantas pessoas interessantes no mundo,e a gente gosta logo daquela que não dá tanta importância pra gente: lembrete de que preciso dar importância para quem também me dá importância.
- Bebendo vinho, quebrando as taça, fudendo por toda a casa, se divido o maço, eu te amo desgraça: desenhei uma música do Baco Exu do Blues, Te Amo Disgraça, e ele postou em sua página oficial do facebook!
- Você ainda tem muito caminho pela frente, e muito sonhos pra realizar. Vai com fé ♥: desenhei meu amigo de infância, Vagner, como presente de aniversário.
- Eu queria te agradecer por ficar ao meu lado até quando me sinto um lixinho: à todos os meus amigos que ficam ao meu lado, principalmente nas horas ruins.
- Não quero desistir de nós, mas não sei se eu coração aguenta tantas incertezas, e minha cabeça tantas paranoias: eu já desisti de um amor por não me sentir segura, e sobrevivi, tenho que me lembrar de que sobreviverei caso haja outras ocasiões parecidas.
- Dói te ver online, e saber que você não faz questão de falar comigo: desenhei sobre uma paixão do passado, como dói ver a pessoa online e saber que ela está cagando pra você.
- Eu queria ter facilidade para sair de casa e fazer amigos. Eu não sei ser sociável: as pessoas dizem que é só sair e se enturmar, isso é impossível para mim...
- Pare de procurar pelo amor. Ele só vem quando ninguém o espera: foi algo que aprendi ao longo dos anos, quanto mais você procura pelo amor, mais ele se esconde.


- Às vezes eu preciso gritar,porque dentro de mim há muita angústia: eu pareço uma louca gritando do nada em casa, mas é que parece que preciso tirar algo de dentro de mim.
- É muito ruim fingir que não estou gostando de você. Mas eu sei que preciso guardar esse segredo: quando estou gostando de alguém, sempre tento manter segredo, pois já presumo que não serei correspondida.
- Fique longe de quem te faz sentir como se você fosse uma pessoa difícil de ser amada: é uma frase que vi por aí e não encontrei uma fonte. Mas é uma frase verdadeira, e eu preciso sair de relacionamentos que me fazem sentir dessa maneira.
- Eu quero ir embora de mim mesma. Catar as coisas essenciais do meu self profundo, e mudar de lar carnal: sinto que se eu simplesmente saísse desse corpo, tudo poderia se renovar.


- Desculpe, eu não tenho nenhuma palavra doce para lhe dar. Eu também sou uma pessoa quebrada, tentando não me machucar: eu passei setembro todo querendo desenhar algo "bom" sobre depressão, algo que pudesse ajudar, mas eu mesma estava em pedaços.
- “Conversas do Coração” #1: é uma série curta que fiz em 2015, e que agora estou redesenhando e querendo dar continuação! Ela é baseada em relacionamentos passados.
#1v“Desculpe. Eu já não se mais do que gosto em você.”, “Àquele dia me senti desmoronar”.
- “Conversas do Coração” #2:  “Eu gosto da sua risada”, “Gosto dos seus olhos que me hipnotizam”, “Gosto de quando se emociona com pequenas coisas".


Esse mês fiz parceria com a página Poetastro Shitposting, que é uma sátira da linda POETAstro (que apoia a minha page *-*). E achei essa edição muito engraçada, levei na brincadeira mesmo, e decidi repostar aqui na página. Eu permiti que a P O E T A s t r o shitposting pegasse algumas tirinhas para modificar, sem retirar a minha assinatura.
Então essas edições serão repostadas lá na minha página sempre às 23h, e só maiores de idade conseguirão visualizar.
O que eu queria mesmo era que você saísse da minha cabeça e entrasse na minha xoxota: essa foi a primeira modificação huaha a versão original é essa aqui.
Relaxa, eu não quero quebrar o seu coração, eu só quero te comer de ladinho: a versão original é essa aqui.


Em novembro, fiz uma série de tirinhas baseadas nos 12 signos do zodíaco! Falei sobre cada uma aqui.


Em setembro e outubro, desenhei duas curtas histórias em quadrinhos, falei sobre elas e disponibilizei para a leitura gratuita aqui.

~

11 comentários:

  1. Nossa quanta coisa legal e menina, que traço bonitao?? Eu to sempre cheia de ideia pra desenhar mas ainda to desenvolvendo meu traço digital e aiai, sempre que não sai como quero acabo perdendo a vontade mas tudo bem, to indo com calma e espero que logo logo consiga colocar tudo pra fora. Adorei seu compilation
    beijo

    Ray e os Dezoito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte com o seu progresso *-*
      É difícil mesmo e é necessário praticar todos os dias, se possível <3

      Excluir
  2. que ilustrações mais maravilhosas! to apaixonada pelo seu trabalho! parabéns!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Sempre me identifico muito com o que tu faz, e sempre digo isso (porque é a mais pura verdade) ❤ me identifico com coisas que não tenho coragem de admitir pra mim mesma as vezes. A quantidade artes e escritas que tu produz é incrível! Que bom que tu consegue se expressar, nunca deixa de fazer isso ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadinha *-*
      Ainda acho que produzo pouco huahua, não é nem metade do que eu queria produzir :c

      Excluir
  4. O que eu mais gosto sobre suas tirinhas é a intensidade de sentimentos que elas trazem. Parabéns pelo seu trabalho, são incríveis! Gostei das dos signos do zodíaco, e concordo com o meu. ♥.

    P.S: realmente as vezes dá uma preguiça de ser sociável.

    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
  5. Que gracinha.Queria ter esse talento, acho tão bonito.Achei seu traço lindo e adorei o uso das cores.Amo coisas coloridas! Só aumentou minha vontade de fazer algum curso de ilustração digital.

    Beijos

    blondevenus.com.br

    ResponderExcluir

Oie! Seu comentário é muito bem vindo *-*, espero que tenha gostado do que leu e que volte sempre <3.

Clique em "notifique-me" caso queria receber um aviso de minha resposta ao seu comentário! Beijinhos.

© Bruna Morgan | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.