Você sabe o que é "Stop Motion"?!

27 de Julho de 2011 Você já deve ter ouvido falar dessa técnica de animação. Se não ouviu, ao menos viu e não sabia do que se tratava...

27 de Julho de 2011


Você já deve ter ouvido falar dessa técnica de animação. Se não ouviu, ao menos viu e não sabia do que se tratava. Quem assistiu filmes como "A Noiva Cadáver", "O Estranho Mundo de Jack e "A Fuga das Galinhas", apenas para citar, tem uma ideia do que eu estou falando.
Essa inovação já alcançou tanto amadores quanto estúdios de cinema. E você pode fazer um vídeo com a técnica Stop Motion!





O que é?

Stop Motion é uma técnica que usa uma sequência de fotos diferentes de um mesmo objeto, em diferentes posições, simulando o seu movimento. Estas fotografias são chamadas de quadros e normalmente são tiradas de um mesmo ponto, com o objeto sofrendo uma leve mudança de lugar, afinal é isso que dá a ideia de movimento.

Cientificamente falando, o Stop Motion só é compreendido como movimentação pelo fenômeno da Persistência Retiniana. Ele provoca a ilusão no cérebro humano de que algo se move continuamente quando existem mais de 12 quadros por segundo. Na verdade, o movimento desta técnica cinematográfica nada mais é que uma ilusão de ótica.


Como começou?

A história do Stop Motion remonta aos primórdios do cinema. O mágico e ilusionista francês George Mélies viu nesta arte uma ótima possibilidade para dar sequência aos seus truques misteriosos que encantavam a todos. A partir da técnica do Stop Motion ele alcançou o ápice de sua carreira cinematográfica com o filme Viagem à Lua, de 1902. No curta, a chegada na Lua de um foguete com tripulação humana é criada a partir desta técnica.

Ao longo do século XX a técnica foi sendo desenvolvida e aprimorada por diversos diretores de cinema e durante muito tempo foi a base para efeitos especiais em filmes com robôs e monstros, pois como ainda não existia toda esta tecnologia capaz de criar qualquer coisa a partir de um computador, os cineastas recorriam à movimentação quadro a quadro.


Esta técnica foi utilizada na saga Star Wars, do diretor estadunidense George Lucas e revolucionou o cinema com suas habilidades de efeitos especiais usando o Stop Motion. Outro que chamou (e ainda chama) atenção para o uso desta técnica é o também estadunidense Tim Burton. Em 1982, Burton criou Vincent, um curta-metragem de terror para crianças todo em Stop Motion. Em 2005 o diretor repete a dose, agora em um longa, com A Noiva Cadáver.

O aclamado filme A Fuga das Galinhas (Grã Bretanha, 2000), dirigido por Nick Park e Peter Lord e O Estranho Mundo de Jack (EUA, 1993) de Henry Selick também são bons exemplos de sucesso desta técnica.


Crie seu próprio Stop Motion

Para criar seu Stop Motion você precisará, primeiramente, de duas coisas: um computador com um programa para a edição de vídeo e uma câmera fotográfica digital. Tendo isso, você precisará agora de personagens, que podem ser bonecos vendidos em lojas ou feitos com massa de modelar, ou até mesmo pessoas.

Dicas importantes

• Planeje sua filmagem – procure elaborar um roteiro, espaço de movimentação dos personagens e cenário para não ter nenhuma surpresa durante a filmagem e acabar perdendo tempo e trabalho.
• Utilize menos quadros por segundo (fps) – vídeos usam 30 fps e fazer isso em Stop Motion dará um bom trabalho. Tente usar 12 ou 15 e você em um bom número!
• Evite movimentar a câmera – quanto menos movimentar a câmera melhor será o resultado final.
• Aproveite recursos do editor – alguns efeitos de movimentação podem ser adicionados na edição, o que poupa trabalho e evita erros durante as filmagens.
• Suavidade de movimentação – para tornar mais real sua animação, suavidade nos movimentos é essencial. Isso pode ser incrementado através do efeito Blur (desfoque) do editor de vídeos.


Um exemplo foi a técnica Stop Motion que usei pra fazer um gif da minha gata Sakura!
Foi simples, não usei muita coisa.


Catei uns vídeos pra vocês se inspirarem ^^. Segue a lista ae:









Expero que tenham gostado ^^, e quem tiver um vídeo com essa técnica e quiser mandar pra eu postar aqui no blog, é só deixar um recado ali no mural --->

You Might Also Like

0 comentários