Are You Gonna Be My Girl?

Meio-dia e o Centro do Rio de Janeiro parecia pegar fogo. O cheiro de mijo ficou mais forte depois que o calor passou a ferver as poças...



Meio-dia e o Centro do Rio de Janeiro parecia pegar fogo.
O cheiro de mijo ficou mais forte depois que o calor passou a ferver as poças de urina espalhadas pela cidade.
Os executivos atravessavam a passos largos a rua, entrando imediatamente em seus carros com ar condicionado, e os vendedores de picolé ganhavam uma boa grana.
Eu tentava pensar que o calor era psicológico, e me imaginava no polo norte enquanto andava o mais rápido que podia até meu trabalho.
Não almocei direito na hora do meu intervalo, e aquele deveria ser o dia mais quente da história.
Trabalhava como caixa numa loja de discos que para a minha felicidade estava com um novo ar condicionado.
Entrei na loja e em poucos minutos meu suor começou secar e me senti a salvo depois de encarar o sol de quase 50ºC lá de fora.

A música ambiente era um hit bem famoso de uma mulher que não-sei-como vendeu muitos cds e a batida era enjoada. Talvez eu devesse mudar e colocar algum disco antigo, algo bom.
Andei até a prateleira dos anos 80 quando uma garota de cabelo azul entrou na loja, dirigindo-se rapidamente até a sessão de rock alternativo.

Eu voltei ao caixa e fiquei seguindo-a com os olhos.
Ela era bem bonita e parecia indecisa com relação a qual disco levar.
Eu nem havia notado que a música anterior tinha chegado ao fim, e eu tinha de escolher outra, porque não é normal uma loja de discos não tocar discos. Mas eu não tive tempo, pois a garota chegou ao balcão com um sorriso enorme.

- Jet? - eu soltei uma breve risada, como se entendesse muito de música.
- Sim - ela fechou o rosto - há algum problema nisso?
- Não, me desculpa - eu me concentrei em pegar o dinheiro e colocar o disco numa sacola de plástico - aqui está o seu troco, tenha uma boa tarde.
Ela então saiu da loja e foi embora.

Eu pensei que a garota nunca mais fosse aparecer, mas na semana seguinte ela foi até a loja e escolheu um disco do The Vines.

- Não vai rir? - ela perguntou quando estava quase saindo da loja.
- Não - eu respondi constrangido.
- Que bom, porque não era eu quem estava na sessão de música brega - sorriu e foi embora.

"Música brega?!", eu pensei, olhando na direção de onde eu estava dias antes quando queria ficar na frente do ar condicionado. E notei que acidentalmente eu segurava um disco do Reginaldo Rossi.






(quer saber como eles ficaram depois? clique aqui ;p)

You Might Also Like

12 comentários

  1. OMG!!!! uma nova Web série, adorei... parece teen só que no Brasil e no Verão!! Adorei!! vou ler o próximo capitulo! Quando que vai ser?


    http://acessopermitidoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Onw****.... mesmo assim amei!!1

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oiiiii seu blog é lindooo, adorei tudo por aqui, parabens, ja to seguindo, bjos

    Te convido para conhecer o meu blog e se gostar me segue,

    http://toquaseprontaprasair.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito desse texto, e do texto de como eles ficaram depois também! :)

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto ^^

    Beijos,
    http://placestyle.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela visita no blog ! Seguindo de volta !Bjão

    http://www.pipocaatualizada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Ei Bruna, qualquer dúvida com relação ao projeto é só me perguntar :D

    beijo!

    ResponderExcluir
  8. Singelo e muito bom. Gostei da relação dos dois textos em blogs diferentes.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Gostei bastante dos dois textos, ficou uma relação bem legal, ler um texto em um blog e a continuação em outro :)
    Bjus ;*

    ResponderExcluir
  10. Vou lá, correndo ler o resto. Amei *-*

    ResponderExcluir
  11. Ficou muito divertido. Huhauah'
    Eu estou escrevendo um livro. Mas não to gostando, acho que ta muito superficial e igual a todos os outros romances. Aaah, que raiva. :/

    Burnny

    ResponderExcluir

;D