BEDA: Meu cacto é reflexo da minha vida.

Essa é a minha primeira vez participando do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. ...


Essa é a minha primeira vez participando do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Eu estou começando no segundo dia mesmo! Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.
~~

Meu cacto é reflexo da minha vida.

As flores precisam de sol, água e terra para sobreviverem. A vida das pessoas funciona da mesma maneira figurativamente, é necessário regar os bons sentimentos, arrancar as ervas-daninhas, proteger contra as pragas para ter um jardim belo.
Muitas vezes eu senti que minha vida era como uma mata abandonada, não aquela linda mata selvagem e natural, mas um jardim que foi sendo esquecido até não ser possível identificar a estradinha de pedra que leva até o portão.

Eu me dei conta de que o meu cacto é um reflexo da minha vida. Eu me apaixonei por ele no momento em que o vi na floricultura, mas não cuidei direito. Ele precisa de um vaso maior, de mais sol e de mais atenção. Inacreditavelmente, ele está resistindo muito, mostra-se forte e sem intenção de desistir. Ele está vivo em um vaso pequeno e com pouco sol. Ele é um reflexo de mim. Eu fiz isso comigo mesma e com o meu cacto.

Decidi que preciso mudar as coisas dentro de mim, que preciso capinar a mata e espalhar novas sementes e cortar as ervas-daninhas. Dá trabalho, é preciso sujar as mãos de terra e suar muito.
O primeiro passo é comprar um vaso maior para o meu cacto, ajudá-lo a sustentar seu corpo de modo ereto e deixá-lo pegar muito sol. Fazendo isso, uma parte de mim começará a melhorar e estarei pronta para todas as mudanças necessárias.



You Might Also Like

13 comentários

  1. Adorei sua sensibilidade de perceber algo do cotidiano e empregar através de uma metáfora na sua vida, nem todos tem essa dádiva, continue a cultivando!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bruna, as vezes eu acho que tudo que nós precisamos é mudar de vaso para poder crescer livremente e respirar novos ares! Boa sorte. <3

    ResponderExcluir
  3. Sabe porque seu cacto resiste tanto? Porque embora ele precise de todos esses cuidados, ele não desistiu de você <3 Plantas são super sensíveis, então cuide deles com muito carinho e floresça com eles!

    ResponderExcluir
  4. O cacto continua lá firme forte e a gente também!
    Sou igual a você (com a cacto e com a vida), mas se a gente prestar atenção e tomar um pouco mais de cuidado a coisa anda (mesmo!)

    beijo e bom BEDA pra nós!

    ResponderExcluir
  5. Cactos não desistem facilmente o/

    ResponderExcluir
  6. Que bonito seu texto! Gostei da metáfora que você visualizou através dos cactos!
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
  7. Que boa reflexão! E ó, se o cacto tá sobrevivendo e lutando, você também consegue. <3

    ResponderExcluir
  8. Adorei essa reflexão! Realmente precisamos cuidar da gente como precisamos cuidar de plantas, até dos animais, pra sobreviver. Boa sorte nessa nova fase :)

    ResponderExcluir
  9. Gosto de cactos porque mostram como é possível ser resistente. Ou talvez porque também me identifique com eles. Nossa, já sei que vou ficar pensando muito nesse texto! <3

    ResponderExcluir
  10. As suculentas são suas? *_*
    Adorei o texto! Cuide do seu cacto mesmo. É a gente que tem que cuidae e ninguém mais. ;)
    beijos
    www.jeniffergeraldine.com

    ResponderExcluir
  11. Fiz o mesmo com o meu, morreu por quase não pegar sol :/ (eu paro pouco em casa).

    ResponderExcluir
  12. Cuida dele, troca de vaso, tá na expectativa de ter mais espaço pra suas raízes. <3

    ResponderExcluir

;D