A pressão para fazer 100 coisas em 1001 dias.

  Facebook  |  Instagram  |  Tumblr  |  Twitter Esse projeto consiste em realizar cem objetivos em 2 anos e nove meses. Eu decidi parti...


Esse projeto consiste em realizar cem objetivos em 2 anos e nove meses. Eu decidi participar em março de 2014, com o término em dezembro de 2016. Eu tinha ideias loucas e era menos experiente do que atualmente, então fiz a besteira de colocar metas difíceis e impossíveis, porque pensei que conseguiria fazer tudo.
Colocar os objetivos no papel foi fácil, mas praticar foi o oposto disso, e boa parte da dificuldade foi porque eu não me empenhava muito e esquecia das coisas.
Já que eu estou tentando ser mais positiva e tentando ressaltar as coisas boas que já fiz, juntei os objetivos que planejava e listei as metas que consegui bater. Não foi nem a metade da metade, porém me contento (ou tento não me jogar da janela) em ter cumprido mais de dez objetivos.
O projeto me ensinou que preciso levantar e fazer as coisas, nada será realizado se eu ficar sentada esperando. Também aprendi a ser mais realista em minhas escolhas.
Eu consegui completar 13 coisas! Huahuahua Número da sorte.


01. Fazer duas tatuagens. Acabei fazendo CINCO tatuagens em 2016. Fiz mais uma agora em abril, mas fechei o projeto com cinco. Sempre quis encher o corpo de desenhos, o ponto de largada começou no último ano do projeto huahua mas ainda ficou valendo. Falei sobre aqui.

02. Assistir a 100 filmes durante 1 ano. Vi mais de cem filmes, além de curtas-metragens, seriados e doramas. Virei cinéfila de verdade com a minha irmã, que discute sobre filmes comigo e me indica vários maravilhosos. Listei todos no meu filmow.

03. Fazer uma festa da piñata com as gêmeas no meu aniversário. Eu tenho primas gêmeas de 8 anos, em 2015 ganhei uma festa e tive uma piñata de doces em formato de lua crescente! Tive ajuda para fazer, e foi divertido ver minha família tentando quebrá-la. Quem conseguiu foi a minha tia, ela disse o nome de uma pessoa em particular e golpeou forte a piñata huahua, assim que se quebrou, minhas primas se jogaram no chão, onde os doces estavam.


04. Lançar um livro. Eu não lancei um livro solo, porém fui publicada em TRÊS livros maravilhosos. Eu não ia contar como meta cumprida, mas seria besteira fazer isso. Uma ex-tóxica-amiga disse, quando eu estava entusiasmada mostrando esses livrinhos, que não significavam muito porque tinha o nome de outras pessoas neles também. Eu engoli e disse "bom, ao menos o meu nome está em algum lugar, néh?! diferente de você". Então, sim, eles contam e são importantes. Agora devo me concentrar na meta de publicar um livro solo. Ahh, falei deles aqui.

05. Acompanhar o calendário lunar. É maravilhoso saber em que Lua está e suas influências. Eu amo olhar o céu e sempre procuro por ela ao anoitecer. Eu a vi em meu telescópio quando estava cheia. Realmente amo a Lua.

06. Sair de casa. Eu saí de casa no final de 2014, porém voltei no final de 2016. Foi uma vivência única e me ensinou a ser alguém melhor, aprendi coisas que eram essenciais. Eu faria tudo de novo.


07. Mudar a cor do cabelo. Eu mudei a cor do cabelo seis vezes: rosa; azul com mechas roxas; azul com mechas verdes; castanho; roxo com mechas rosas; preto; e então rosa novamente, pois amo essa cor. Não me sinto eu mesma com o cabelo natural. Eu me sinto melhor com o cabelo colorido.
Parece que eu também parei de pegar sol huaha.

08. Beber pelo menos 1,5 litro de água por dia. Virei viciada em água, tenho uma garrafa ao lado da minha cama. Essa medida foi necessária, pois eu era uma pessoa que não me hidratava direito. Minha saúde melhorou tomando bastante água. Dor de cabeça? Bebo água. Gripada? Bebo água. Coração partido? Bebo água.

09. Escrever duas HQ's. Eu acabei escrevendo 5 histórias em quadrinhos curtas. Atualmente, eu estou fazendo mais tirinhas, porém estou me empenhando em uma HQ em particular. As que fiz são:
Escape, para Mulheres nos Quadrinhos, volume 1.
Um Sopro, para a Antologia MÊS.
Support Your Sisters, pelo coletivo Girl Gang, e selecionada para a Antologia MÊS.
Florescer, para a Revista Faladelas. Eu fiz essa história em quadrinhos pensando em todas as meninas que chegam na fase da puberdade, e já são massacradas com imposições em seus corpos.
Amigos, 5 páginas sobre uma bruxinha que queria arranjar amigos.

(foto tirada por Rhebeca Macedo do ateliê de Litografia - UFRJ)

10. Passar para o curso de artes. Foi em 2015 que passei para Licenciatura em Artes Plásticas, na UFRJ. Eu não pensei que passaria, e nem acreditei quando vi o meu nome na lista dos novos alunos. Eu passei por várias coisas, e me esforço em lembrar das boas - que são muitas.

11. Participar de um coletivo artístico. Eu via artistas entrando e criando coletivos incríveis, e sempre quis entrar em um, acabei entrando em vários! Foi muito divertido, fiz amizades e aprendi que é necessário ter disciplina. Foram eles: Sociedade Secreta das Sereias, Virgininhas, Herbarium, Girl Gang Coletivo e Eu vejo flores em você.


12. Montar pelo menos três exposições de minhas pinturas. Esse é o mesmo caso dos livros, eu não fiz exposições solo, porém não posso deixar de lado as exposições coletivas que fiz parte, e que contribuíram em meu caminho. Foram elas:
O Primeiro Encontro Feminista de Ribeirão Preto, viajei até o interior de São Paulo, junto com artistas conhecidas: Tailor, Thaís Schiavinoto, Morgana Mastrianni, entre outras. Foi a melhor experiência que tive, pois viajei sozinha pela primeira vez, saí do RJ pela primeira vez, fiz couchsurfing pela primeira vez. Conheci a fabulosa Heloísa, que me abrigou por três dias e me mostrou parte da cidade. Foi sensacional.
Coven, organizado pelo coletivo ARK, o tema era terror, levei meus quadros que brilham na luz negra. Foi no meu bairro, no Rio de Janeiro. A exposição foi toda organizada por garotas incríveis, que eu deveria ter me aproximado mais, pois me inspiraram.
Piranha, organizado pela Xoxota. Foi uma exposição só de mulheres em Botafogo, aqui no Rio mesmo. Eu conheci pessoalmente várias amigas artistas.

13. Participar de dez zines. Participei exatamente de dez huahua são eles: Artistas do Underground; O Pão que O Diabo Amassou; Selfless Portraits das Minas Zine; Sociedade Secreta das Sereias; Zinezin; CIDA; Catota 2; Linhas Tortas; Girl Gang; Cocô. Todos tiragens limitadas.

Essas 13 coisas foram maravilhosas, e fico pensando que teria sido muito melhor ter completado bem mais. Sou uma pessoa diferente de quando participei do projeto pela primeira vez. Descobri que não gostava de algumas coisas, e que outras é necessário colocar o pé no chão.
Participarei outra vez, e montarei uma lista mais realista, espero compartilhar os momentos aqui nesse meu diário virtual ♥.

~
BEDA é um projeto entre blogueiros que consiste em blogar todos os dias de de abril. Para ver os posts do BEDA, é só clicar aqui na tag.

You Might Also Like

15 comentários

  1. eu gostei desse projeto. fiz a lista em 2015 e acaba em outubro desse ano, nao consegui cumprir muitas mas acho importante fazermos metas, e tentar ir atras. nao sei se irei fazer outra quando a minha terminar mas foi otima a experiencia
    parabens pelos livros
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu estou na metade do meu projeto... Também tenho muitas metas que talvez nem consiga concluir, mas mesmo assim cada meta realizada é uma conquista a mais né!
    Você tem uma ótima lista de conquistas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Bruna!
    Achei esse desafio muito interessante! Estou vendo que muitas blogueiras estão realizando e consiste em desafiar a si mesma, pois são coisas que normalmente não faríamos, certo?
    Fico feliz que tenha feito muitas coisas! Adorei conhecer mais da sua arte e de você!
    Ps..: Quanto a ex-tóxica não liga muito para a opinião dela! Porque estar nesses livros é de grande importância :3

    -Kissus-
    Visite: www.wtdarkside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Tudo seria diferente se você tivesse feito as coisas diferentes. Ou até mesmo mais do que isso.
    Estou surpresa e feliz com suas maravilhas alcançadas.
    E sobre seu comentário de que dizem que seu blog é depressivo,não liga miga, depressão é humano.
    A Bela, não a Fera | Youtube Channel | Vem conversar comigo no Twitter!

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna!

    Poxa, que legal! Eu também tentei participar desse projeto logo assim que foi lançado, mas olha é bem difícil. Lembro que eu andava com um caderninho pra anotar tudo o que eu tinha vontade de fazer, porém do caderninho nunca saiu, rs.
    Parabéns por ter conseguido concluir algumas coisas! :)

    ResponderExcluir
  6. Eu sou tão encantada pela pessoa que tu é e por tuas criações que ler esse texto me deixou mais encantada ainda.

    Também acho que seja uma pressão essas tags, mas por outro lado é bom colocar um pouco de disciplina, porque é que nem tu disse, não adianta querer e continuar sentada esperando acontecer. Temos que listar nossas prioridades, ter metas a longo e curto prazo, evoluir como pessoas, porém não adianta fazer as coisas porque elas estão escritas no papel e sim fazer por prazer, por amor, porque queremos realmente.
    Tentei participar do Beda uma vez, mas vi como obrigação feat cobrança e não fiz mais.

    Beijos <3

    ResponderExcluir
  7. Seu plano era fazer 1 tattoo e fez 5, parece comigo tomando decisões hahahhah
    Eu nem tentei fazer esse projeto, porque sei como eu sou e não ia cumprir nem metade x.x Mas acho um projeto incrível!!

    Beijão,
    Desencana mina! | Artigo Blasting News | Boho Art Store |

    ResponderExcluir
  8. Menina, não foram treze. FORAM TREZE! E pensar que você não cumpriu nem metade da metade, mas todos esses foram importantes demais! Não foi nada pequeno não, viu? ♥

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
  9. "Não me sinto eu mesma com o cabelo natural. Eu me sinto melhor com o cabelo colorido" eu mesma, mas no meu caso, é o azul <3 E que legal vc faz Artes Plásticas *-* faço Artes Visuais, não sei se aborda as mesmas coisas

    ResponderExcluir
  10. Também fiz esse projeto e larguei na metade :( Ele ainda ta valendo, mas com objetivos que como os seus, estão fora da realidade, então nem penso em continuar hahaha
    Amei seu post e cheguei aq através do Blog da Nati. Ela falou (muito bem) sobre voc aqui! Acho que vale a pena ir lá ver o trabalho incrivel dela...

    Beijos
    Isa Nonemacher

    ResponderExcluir
  11. Babe, esse negócio de 100 filmes por ano também está na minha lista de desejos. Será que eu consigo? Haha

    Beijos, Bru

    Supimpa Girl

    ResponderExcluir
  12. Oi, Bru!
    Eu acho que suas conquistas foram muito mais importantes do que simplesmente bater metas de um desafio! E isso é muito mais valioso!
    E é claro que você não publicou um livro, você publicou 3! E outra coisa, não foram quaisquer livros; foram livros com um significado lindo e todos bem importantes!
    É a primeira vez que vejo uma conclusão de 101 em 1001 e fico muito feliz de ver que foram conquistas tão lindas!
    Beijão, Bru!

    www.vultuspersefone.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. É claro que a publicação nesses livros contam! Contam até mais do que aqueles que a gente paga pra publicar, porque nesses livros tem uma competição muito maior (nos outros só depende do quanto dinheiro você consegue gastar). parabéns pelas conquistas! Achei suas metas super difíceis, então as que você cumpriu valem bastante, parabéns mesmo!

    ResponderExcluir
  14. Menina, mesmo que tenham sido poucas as suas conquistas é importante valorizá-las, porque são elas que fazem a gente ser quem é hoje. E é normal mudar de ideia ao longo dos anos, então acredito que retirar e/ou colocar novos itens na lista das 100 coisas pra fazer é algo normal. Enfim, parabéns por tudo o que você já conquistou e foco para buscar mais conquistas ainda.


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
  15. Você me inspirou a me desafiar então comecei o projeto também, ele acaba só em 2020 e postei no blog.
    Parabéns pelas suas conquistas, que venham mais e mais <3

    ahamare.blogspot.com

    ResponderExcluir

;D